FUNDAÇÃO ORIGINAL DA ESCOLA PITAGÓRICA

Segundo a definição da Wikipedia, a Escola Pitagórica foi fundada por Pitágoras em Crotona na Itália.

 

"Trata-se da escola filosófica grega mais influenciada exteriormente pelas religiões orientais, e que por isso mais se aproximou das filosofias dogmáticas.

O Pitagorismo influenciou o futuro Platonismo, o Cristianismo e ainda foi invocado por Sociedades Secretas que atravessaram o tempo até alcançarem os dias de hoje.

Pitágoras ficou conhecido também como o "filósofo feminista", visto que na escola haviam muitas mulheres discípulas e mestres."

 

Ainda segundo a Wikipedia, Pitagóras viveu entre o período de 570 à 490 antes de Cristo.

E foi provavelmente durante o período de 530 ac que Pitagóras fundou a Escola Pitagórica.

 

A Escola Pitagórica sempre esteve envolta em mistérios, aliás, todos os historiadores relatam a Escola Pitagórica sempre envolta em mistérios.

Todos estes fatos que os historiadores relatam, são próximos da verdade, porém, não são totalmente verdadeiros.

 

O fato é que Pitágoras não deixou nenhum escrito, todos os seus ensinamentos foram orais, e passados de Mestre a Discípulo.

 

Entretanto, após a sua morte, seus discípulos se encarregaram de escrever todos os seus ensinamentos, e desde aquela época esses escritos são guardados e preservados por inúmeros seres que se dedicam ao estudo da Numerologia Pitagórica, e estes seres são chamados de Pitagóricos.

 

Além destes escritos terem sidos preservados, desde a época da sua fundação, a Escola Pitagórica possui uma Egrégora, que agora data de mais de 2600 anos, e esta Egrégora foi até hoje mantida e preservada por uma quantidade enorme de seres encarnados e desencarnados que são chamados de Legião dos Pitagóricos.